Tenho psoríase. E agora? 10 dicas para lidar melhor com a doença.



O seu médico disse que você tem psoríase. Você ficou preocupado e não sabe o que fazer?


Calma, tudo vai dar certo!




A Psoríase é uma doença inflamatória, não contagiosa que afeta entre 1% a 3% da população mundial. Manifesta-se por lesões avermelhadas e escamas esbranquiçadas na pele e pode aparecer em diversas regiões do corpo em forma localizada ou generalizada.


A psoríase pode ocorrer em qualquer idade, mas geralmente as lesões iniciam entre 15 e 35 anos. Fatores emocionais e outras causas como exposição ao frio ou excesso de calor, o uso de certos medicamentos e o álcool, podem agravar o quadro.


A doença ainda não tem cura, mas pode ser muito bem controlada. Selecionamos 10 dicas para você lidar com a doença da melhor maneira possível.


1- O estresse e depressão são os inimigos n°1.


Leve a vida mais leve, não se desgaste emocionalmente por qualquer coisa. O estresse tem papel fundamental no aparecimento e na piora das lesões.


2- Faça uma atividade física ao ar livre ou que lhe dê prazer


Além de ajudar no controle da doença, a atividade física faz bem para o corpo e mente!


3-A hidratação da pele é fundamental


A hidratação e o banho são partes fundamentais do tratamento. Evitar banhos demorados e água quente. Hidratar a pele todos os dias, principalmente após o banho e se necessário mais algumas vezes ao dia.


4- Dieta Balanceada


A dieta é parte essencial do tratamento!

Deve-se estimular a ingestão elevada de Ômega 3, a gordura saudável que é encontrada em peixes de água fria, como, salmão e atum; linhaça; nozes e castanhas. Estudos mostraram também que períodos de jejum, dietas hipocalóricas e vegetarianas são benéficas.

Evitar o consumo excessivo de carne vermelha, enlatados, embutidos, café e chá preto.


5- Bebida alcoólica e tabagismo devem ser evitados


Quem fuma ou bebe álcool têm maior risco de desenvolver psoríase. O cigarro e o álcool podem ser também os gatilhos para as novas crises . Dentre as bebidas alcoólicas, a cerveja é considerada a pior, pelo glúten da cevada usada na fermentação da bebida. O tabagismo dobra o risco da pessoa desenvolver psoríase. O risco aumenta com o número de cigarros consumidos, e é ainda maior nas mulheres. O risco de uma mulher que fuma mais de um maço por dia é 2,5 vezes maior que das não fumantes



6- Perda de Peso


A obesidade assim diabetes, hipertensão arterial, estados de resistência à insulina são inimigos da psoríase. Consulte um endocrinologista para ajudar no tratamento.


7- Sol é um aliado


O sol é um aliado dos pacientes com psoríase. Mas isso não quer dizer para torrar no sol! Tomar um pouco de sol diariamente, em torno de 10 minutos, no início da manhã ou no final da tarde, faz muito bem para os pacientes com psoríase. O sol é um ótimo anti-inflamatório.


8- Prefira produtos neutros


Evite uso de produtos com corantes e perfumes, prefira cosméticos neutros e para peles sensíveis.


9- Evite auto- medicação


Consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, capacitado para tratar e te orientar da melhor maneira possível. Não uso tratamentos caseiros ou medicamentos sem prescrição médica.


10- A psoríase não é contagiosa


Você não “pegou” de ninguém e também não consegue transmitir para outra pessoa. Pode namorar, beijar, nadar e abraçar à vontade pois o toque e o contato íntimo não transmitem a psoríase. A psoríase também não tem nenhuma relação com a limpeza da pele. Livre-se dos preconceitos e seja feliz!

#psoriase #psoríase #comotratarpsoríase #oqueépsoríase #alcoolepsoriase #comoselivrardapsoríase #tratamntosparapsoríase #dicaspsoríase #comodescobrirapsoríase #laserpsoríase #melhortratamentopsoríase

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • 02socialinstagram
  • 02socialfacebook